Consultores e Corretores
Cadastrar Imóvel
(016) 2111-8880 (016) 2111-8888
Telefone

Jornal A Cidade - 16/12/2005


Boa parte do desperdício e perda de materiais durante as reformas residenciais
acontece por mau armazenamento. Embora comuns em obras, é fácil evitar essas
perdas utilizando medidas simples. Na hora de reformar o imóvel, é importante
que haja um planejamento completo do custo da obra, incluindo mão-de-obra e
materiais necessários.
Embora acrescido o preço é sempre aconselhável que se
contrate profissional habilitado em qualquer tipo de obra, mesmo nas
menores.
Pesquisas mostram que mesmo em obras conduzidas por profissionais
qualificados o desperdício de materiais de construção pode chegar a 15%. Já se a
mão-de-obra é informal, o desperdício pode chegar a
30%.
Armazenamento
Armazenar corretamente os materiais de
construção é fundamental para evitar danos e perdas; além disso, quando se tem
organização e planejamento a produtividade da mão-de-obra é maior. Veja algumas
dicas:


Areia
Deve ser estocada em local plano, devidamente
cercada por madeiras e coberta por lona de plástico.


Pedras
Também guardadas em local plano, cercadas, mas não
precisam ser cobertas.


Cimento
É importante comprar conforme a demanda da obra
já que o cimento é perecível. O tempo máximo de estocagem é de 30 dias. Se em
contato com umidade estraga, por isso o conselho é empilhá-lo em local fechado e
seco, sem retirar da embalagem.


Tijolos e blocos
Devem ser mantidos em pilhas com, no
máximo, 1,5 metro de altura. Há a necessidade de serem mantidos cobertos com uma
lona. Os tijolos aparentes devem ser empilhados sobre um tablado de madeira.


Cal
Deve ser empilhada em local fechado, longe de
umidade. Assim como o cimento deve-se evitar a compra em grandes quantidades. O
tempo de estocagem é de 30 dias. A compra deve ser feita aos poucos, conforme a
demanda da reforma já que a cal é um material perecível.


Barras de aço
Melhor se guardadas as barras de mesmo
diâmetro juntas. Elas podem ser armazenadas em locais abertos, desde que não
fiquem expostas por muito tempo – 90 dias no máximo. Não devem ser colocadas em
contato com a terra.


Tubos e conexões
Devem ser separados de acordo com o tipo
e tamanho e nunca deixá-los expostos ao sol.


Materiais elétricos
Cabos, quadros de luz, tomadas e
materiais elétricos em geral devem ser guardados em local fechado, separados por
itens.


Telhas
As de barro devem ser empilhadas verticalmente. A
dica é dispô-las em local próximo ao local onde serão utilizadas evitando
quebras. As telhas metálicas devem ficar levemente inclinadas para não acumular
água.


Madeira
As chapas compensadas devem ser cobertas com saco
plástico e sem contato com o solo. Não se deve empilhar um grande número já que
o peso pode danificar o material. Se a obra tiver tábuas para piso, elas devem
ser guardadas sobre estrado de madeira. O madeiramento para o telhado deve ser
coberto com plástico.


Portas e janelas
Devem ser guardadas dentro de casa e com
as embalagens de fábrica. Melhor manter dispostas em posição horizontal.


Azulejo e piso cerâmico
Nunca devem ser armazenados em
locais úmidos. Devem ser empilhados sem retirar as embalagens de papelão.


Vidro
Nunca deve ser estocado.


 


Carla Monique Bigatto
Jornal A Cidade - 20/11/05


Veja Mais Notícias
Escolha a Piramid mais perto de você.
  • Unidade Centro
  • Unidade Fiúsa
  • Unidade Vargas
  • Unidade Boulevard
  • Belo Horizonte
    (031) 3508-8288
  • Brasília
    (061) 3246-7888
  • Campinas
    (019) 3512-9880
  • Franca
    (031) 3508-8288
  • Ribeirão Preto
    (016) 2111-8888
  • Rio de Janeiro
    (021) 3513-0888
  • São Paulo
    (011) 3508-8890
  • Sertãozinho
    (016) 3513-0888
  • Uberaba
    (034) 3326-9888