Consultores e Corretores
Cadastrar Imóvel
(016) 2111-8880 (016) 2111-8888
Telefone

G1.com - 24/08/2011


Quem quer alugar um imóvel e não tem fiador nem dinheiro para o cheque caução, pode recorrer à fiança bancária. Antes de assinar o contrato veja qual tipo de fiança é melhor para o seu bolso.

O fiador sempre foi a exigência mais comum nos contratos, mas a lei permite outras alternativas. Existem várias opções para garantir o pagamento do aluguel, mas é preciso ficar atento para não escolher errado e acabar gastando mais.

“O seguro-fiança é o preferido de todas as imobiliárias, é como seguro de carro, então você paga um aluguel por ano, mais ou menos de um a um e meio aluguel por ano, dividido em três parcelas. A fiança bancária, na verdade o banco está liberando um crédito para você e o crédito só vai ser usado no caso de você não pagar. Para ele te garantir esse crédito, ele te cobra de 5% a 8% ao ano. Então, é um pouco mais barato que o outro, é um pagamento, é como se fosse um juros pequeno, mas para garantir aquele empréstimo para você. O cheque caução é um deposito que você faz, em torno de três alugueis que você entrega para ele. O ideal é que você faça em uma poupança e não no cheque. Pelo menos, se seu dinheiro estiver em uma poupança, você vai ter o rendimento no período”, explica Miriam Lund, economista.

Patricia Macedo não tinha renda dar um cheque calção e teve que aceita o seguro-fiança. “No princípio eu achei que seria só no primeiro ano, mas não, eu pago todo ano e agora no final do ano eu tenho que pagar. Eu até hoje não vi nenhuma vantagem para mim. Para o proprietário pode até ter, mas para mim não”, afirma a analista de marketing.

Os economistas ensinam: negociar diretamente com o dono do imóvel pode ser mais vantajoso. “O melhor é essa opção. Negociar para dar este dinheiro e que ele fique em uma poupança”, garante Miriam Lund.


Veja Mais Notícias
Escolha a Piramid mais perto de você.
  • Unidade Centro
  • Unidade Fiúsa
  • Unidade Vargas
  • Unidade Boulevard
  • Belo Horizonte
    (031) 3508-8288
  • Brasília
    (061) 3246-7888
  • Campinas
    (019) 3512-9880
  • Franca
    (031) 3508-8288
  • Ribeirão Preto
    (016) 2111-8888
  • Rio de Janeiro
    (021) 3513-0888
  • São Paulo
    (011) 3508-8890
  • Sertãozinho
    (016) 3513-0888
  • Uberaba
    (034) 3326-9888